Edição nº 86 - Novembro de 2012 Zoom

  • Almanaque

  • Decifre

    • Vieira contra as ‘Armaz Olandezas’

      Uma carta escrita pelo Padre Antônio Vieira, no século XVII, está esperando para ser decifrada! Em letra humanística, de traçado cursivo, ele relata à Roma aspectos relevante de uma missão religiosa

  • Em dia

    • Cronistas da malandragem

      Documentário mostra a relação entre o sambista Bezerra da Silva e os compositores das favelas

    • Parada no tempo Parada no tempo

      Capital farroupilha, Piratini ganha roteiro histórico e vai restaurar a Casa de Garibaldi até 2014

    • Cores do império

      Obras do inglês Charles Landseer retratando o Brasil do século XIX são expostas pela primeira vez na Europa

    • Para não esquecer Para não esquecer

      “Casa da Morte” em Petrópolis, que deve virar memorial, estimula a reflexão sobre o passado

    • Patrimônio em perigo – Especial Arquivos Públicos Estaduais Patrimônio em perigo – Especial Arquivos Públicos Estaduais

      O Arquivo Público do Piauí não tem um único documento digitalizado. E muito menos climatização adequada ou atendimento informatizado. Situação se repete em outras tantas instituições do Brasil

    • Passando o ponto Passando o ponto

      Prédios centenários da Rua da Carioca são vendidos em lote. Seu destino é incerto

  • Artigos

    • D. Pedro II, quem explica? D. Pedro II, quem explica?

      Monarca republicano, imperador cidadão, abolicionista num país escravocrata, intelectual num mar de analfabetos. Interprete-o a gosto

    • Herança do Império

      Enquanto o imperador valorizava alguns ideais republicanos, nossa República bebeu da tradição monárquica

    • Um pra lá, um pra cá

      Para além dos méritos artísticos, Carlos Gardel e Carmen Miranda foram veículos de um novo nacionalismo

    • Ventos liberais para o oeste

      O exemplo espanhol da Constituição de Cádiz avançou pela Península Ibérica até alcançar Portugal e chegar ao Brasil

    • Conservar para não restaurar Conservar para não restaurar

      Denúncia de possível erro na restauração do quadro “A Primeira Missa no Brasil” realça a fragilidade das políticas de preservação de bens culturais no país

    • Novos rumos para velhos dogmas Novos rumos para velhos dogmas

      O Concílio Vaticano II tentou manter o catolicismo sintonizado com um mundo que mudava vertiginosamente. Mas terá sido bem interpretado?

    • Pagamento em espécie Pagamento em espécie

      Por mais de um século, as moedas vigentes na Amazônia colonial eram somente gêneros naturais, como cacau, cravo, algodão e gado

  • Entrevista

  • Leituras

    • As lições de um escrivão

      Lima Barreto criou uma biografia ficcional para criticar a ideia de uma essência lógica e racional do sujeito

  • Perspectiva

    • Entre o tapete e a tapera Entre o tapete e a tapera

      Almeida Júnior mostra em suas pinturas duas facetas dos paulistas do fim do século XIX: burgueses e caipiras

  • Educação

    • A invenção dos ‘gaúchos’

      Restrita a uma elite da região de fronteira, a Revolução Farroupilha pode explicar a construção da identidade rio-grandense

  • Retrato

    • Às margens do Tietê Às margens do Tietê

      Cineasta da Boca do Lixo paulistana, Ozualdo Candeias filmou pessoas que viviam na contramão da modernização

  • Por dentro da Biblioteca

    • Pra lá e pra cá Pra lá e pra cá

      Os milhares de exemplares de obras portuguesas presentes no acervo da Biblioteca Nacional atraem pesquisadores do além-mar. Hoje, há mais livros da época do Renascimento português no Brasil do que em seu país de origem

  • Por dentro do Documento

    • Progresso sem freio Progresso sem freio

      Em meio ao surgimento dos automóveis no Brasil, revista ilustrada mostrava os perigos da modernidade em mãos erradas

  • Havia Vagas

    • Datilógrafa Datilógrafa

      Hoje, comunicação escrita é sinônimo de silêncio, transmitida por meio eletrônico. Mas, há poucas décadas, antes da presença dos computadores e da web, a escrita era ruidosa e dependia de um enorme contingente de especialistas: os datilógrafos

    • Telefonista

      Além de solícitas, as telefonistas tinham que ser discretas: afinal, precisavam ouvir a conversa inteira dos assinantes para que, após a despedida, encerrassem a ligação

  • A História do Historiador

Compartilhe