Seminário "O Rio que se queria negar"

Encontro discute a história das favelas no Rio pela ótica do antorpólogo Anthony Leeds

  • DivulgaçãoO seminário O Rio que se queria negar: as favelas do Rio de Janeiro no acervo de Anthony Leeds promove uma reflexão sobre a presença histórica das favelas no Rio, a partir da pesquisa realizada pelos antropólogos Anthony e Elizabeth Leeds durante a década de 1960. O encontro acontece nos dias 22 e 23 de Setembro no Museu da República, no Catete. Realizado em parceria pela Fiocruz, o Museu da República e o Ministério da Cultura, o evento faz parte da programação dos 450 anos da cidade do Rio. 

    Além da realização das palestras, será inaugurada no dia 22 uma exposição do acervo fotográfico de Leeds, que fica em cartaz até 10 de Janeiro de 2016. As imagens retratam o a estrutura e o cotidiano das favelas pesquisadas pelo antropólogo americano, que estudou mais de cem favelas no Rio e inclusive morou nas comunidades do Tuiuti e Jacarezinho.

    Ao final do seminário, no dia 23, será relançado em uma nova edição o livro A sociologia do Brasil Urbano, fruto das pesquisas de Anthony e Elizabeth Leeds.

    Para assistir ao seminário, é necessário inscrever-se no site, que conta com a lista completa dos palestrantes, assim como os horários e descrições das atividades programadas:

    http://seminarios.fiocruz.br/event/1

     

Compartilhe

Comentários (0)